Quartas ambientais discute preservação da Mata Atlântica

O Departamento de Planejamento e Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana (SEMMAM), Promove Nesta quarta-feira (20) a 27ª Edição do Projeto Quartas Ambientais, com o tema “Mata Atlântica: Sentir, sabre e sonhar “.

50817-3
O Evento E Realizado na Reserva Ecológica Traripe, em Oliveira dos Campinhos. Como Atividades Terao Como Objetivo sensibilizar e refletir Sobre a importancia de se Proteger como Florestas, conciliando Conservação, Crescimento urbano e Desenvolvimento local. O município de Feira de Santana ESTÁ inserido em Dois Grandes biomas, uma ea Caatinga Mata Atlântica. O Mês de abril, faça corrente ano, foi TODO dedicado Às DISCUSSÕES Sobre a Caatinga, ágora E uma vez da Mata Atlântica.
“Conhecer como Florestas e O Primeiro Passo Para Protege-las. Diante de hum Cenário de Crescimento urbano não Nosso município, com Uma forte pressao Sobre as áreas verdes Nativas, discutir Sobre a Conservação das Florestas e de suma importancia. Elas São Responsáveis Pela melhora da Qualidade do Ar, promovem um Regulação do Clima e garantem o Abastecimento de Água, sem Contar da Uma Biodiversidade Surpreendente “, ressaltou a professora Erika Teles biologa da SEMMAM.
O Evento contará com a Participação dos Alunos da UFRB Campus Feira de Santana, da Comunidade Feirense e dos palestrantes: Marcelo Grassi (Engenheiro Florestal – SEMMAM), Que tratará Sobre o Novo Código Florestal; Profa. Dra. Luísa Senna (biologa – IFBA) e Profa. Msc. Erika Teles (biologa – SEMMAM), that abordarão Sobre a Biodiversidade da Mata Atlântica, Além de Jane Figueiredo (biologa – Educadora Ambiental da Reserva Ecológica Traripe), Que promoverá Uma vivência com OS Participantes, percorrendo Trilhas na Mata.