Guia Turismo Rural da Bahia

Empresários baianos do turismo rural se uniram ao governo estadual, por meio da Secretaria do Turismo, e outros parceiros como Banco do Nordeste, Sebrae, Incra, EBDA e Secretaria da Agricultura para viabilizar a profissionalização do segmento no estado. Nesta segunda-feira (6), eles lançaram, no Restaurante Grande Sertão, em Salvador, um catálogo e um site (www.turismoruraldabahia.com.br) para divulgar as potencialidades da Bahia, que possui 27 hotéis-fazenda em 16 municípios.

De acordo com a presidente da Associação Baiana de Turismo Rural (Abattur), Jane Figueiredo, o principal objetivo dos produtos lançados é oferecer informações do setor “não só ao público final, mas, principalmente a operadores e agentes de viagem de todo o Brasil”.

Guia Turismo Rural da Bahia

Ainda segundo Jane, os proprietários dos estabelecimentos estão buscando apoio da Secretaria de Turismo para formatar um sistema de classificação dos meios de hospedagem do segmento rural. A presidente da Abattur disse ainda que atuará junto aos agentes e operadores de viagem para oferecer o casamento de roteiros sol e praia com turismo rural, o que segundo ela é “perfeitamente possível”. “Temos muitos hotéis-fazenda perto de Ilhéus, Itacaré e a menos de duas horas de Salvador. É uma possibilidade de colocar os turistas em contato com a natureza e com produtos orgânicos”, complementa.

Presente no lançamento do catálogo e do site do Turismo Rural da Bahia, o secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli, destacou que os produtos estão incluídos na estratégia do governo para o desenvolvimento do setor. “Isso representa inovação, pois é um novo segmento que se profissionaliza e entra definitivamente no mercado, qualidade e integração econômica, uma vez que podemos viabilizar a produção associada ao turismo, com os hotéis usando produtos da agricultura familiar”, resumiu.

O diretor de Mercado Nacional da Bahiatursa, Fernando Ferrero, disse que vai incluir o turismo rural na pauta de promoção da Bahia junto às grandes operadoras dos mercados emissores do Sul e Sudeste do Brasil como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Distrito Federal, além da própria Bahia.

Jussara Lima, que representou a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), acrescentou que, como parceira trará para o estado experiências bem sucedidas de lugares como Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e interior de São Paulo.

Fonte
http://www.setur.ba.gov.br/